quarta-feira, fevereiro 27

  Ando sem inspiração mas com os sentimentos a flor da pele, mil coisas passam pela minha cabeça mas nenhuma delas quer ir para o papel. Quando isso acontece comigo (não são poucas vezes), eu recorro à música. Escutar cada verso cantado, cada nota e me encontrar ali. Todo mundo tem uma música sua, não é?! Aquela que te descreve. Por isso hoje me descrevo em uma música.
  Não é segredo pra ninguém que eu sou meio lunática, apaixonada pelo universo e tenho uma vontade incontrolável de desvendá-lo. Mas como não é possível, fico aqui na minha vontade e com meus pensamentos malucos.
  Infinito da banda Fresno é a minha música, esta minha fase de vida cantada. Já que não estou conseguindo transformar a minha bagunça em textos, essa música fala um pouco de tudo. 

"Lá pode ter um novo amor pra eu viver, quem sabe uma nova dor pra eu sentir. A droga certa pra fazer te esquecer, vai apagar a tua marca de mim. Tudo pode estar lá... e eu aqui."

4 comentários:

Jamilly Costa disse...

Ótimo post <3

Beijinhos,
Lia ¨
www.limaoealecrim.blogspot.com

Heloisa Moraes disse...

MEEEUS DEUUUUSSS! SOU FÃ DA FRESNO! Jamais pensei em encontrar alguém falando da Fresno por aqui! E Infinito (tanto a música, o clipe) são perfeitos. Lucas Silveira é um dos maiores poetas da atualidade, não tenho dúvidas. Já ouviu Infinito (o cd)? Ouço todos os dias!
A música que te descreve é uma das maiores obras primas de todos os tempos. Parabéns.
Espero que vc tenha a oportunidade de ouvi o cd e discutirmos sobre o assunto. Só tem poesia em forma de música.

Abraços!

cleber eldridge disse...

Complicado mesmo , estarmos cheio de pensamentos , cheio de coisas pra dizer pra expressar e por algum motivo não conseguir , sinto isso com muita frequência.

Mari Mari disse...

Não costumo gostar de bandas brasileiras, mas curti esse clipe, de verdade.

Postar um comentário

Antes de mais nada quero agradecer por me visitar, e por ler.
Eu realmente espero que tenha lido, gostado e se encontrado em alguma linha ou em alguma palavra. E se isso aconteceu ficarei muito feliz se você contar pra mim. Conta?! (:
Obrigada mais uma vez e volte sempre!
Beijos, Aurora.